Bombeiros de Nova Mutum terão equipamentos para atuar em acidentes com gases tóxicos

06/10/2014 - O Ministério Público do Trabalho (MPT) destinou cerca de R$ 713 mil à 5ª Companhia Independente de Bombeiro Militar de Nova Mutum, município localizado a 250 km de Cuiabá. A quantia será empregada na aquisição de duas ambulâncias e de equipamentos e materiais de atendimento a ocorrências com produtos perigosos, especialmente gases tóxicos. A proposta de utilização do dinheiro para essa finalidade foi feita pelo MPT e deferida pelo juiz Lamartino França de Oliveira, titular da Vara do Trabalho da cidade, no dia 27 de agosto.

Continue Lendo

Imprimir

MPT pede condenação de empresas em R$ 5 mi por morte na Arena Pantanal

24/09/2014 - O Ministério Público do Trabalho em Mato Grosso (MPT-MT) ajuizou ontem (23) uma ação civil pública com pedido de liminar contra o Consórcio C.L.E. Arena Pantanal e as empresas que o compõem, Etel Engenharia Montagens e Automação Ltda. e Canal Livre Comércio, para determinar o cumprimento de 49 obrigações trabalhistas, sob pena de multa. A medida visa garantir a segurança dos empregados que ainda prestam serviços na Arena Pantanal, tendo em vista a ocorrência do acidente que levou à morte, no dia 8 de maio, de Muhammad' Ali Maciel Afonso, de 32 anos.

Continue Lendo

Imprimir

“Os resíduos sólidos têm dono. E os donos são os catadores”, afirma procuradora

23/09/2014 - O seminário estadual Pró-catador reuniu, nos dias 16 e 17 de setembro, em Cuiabá, representantes do governo, de organizações não-governamentais, de associações e cooperativas de catadores de materiais recicláveis e membros do Ministério Publico para debater a efetivação da Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS) e a inclusão social e produtiva dos catadores e catadoras de materiais recicláveis.

Continue Lendo

Imprimir

Caso Modelo: MPT pede reconsideração da decisão que negou pedido de liminar em favor de trabalhadores

17/09/2014 - O Ministério Público do Trabalho em Mato Grosso (MPT-MT) protocolizou na tarde de ontem (16) o pedido de reconsideração da decisão que negou a liminar requerida na ação civil coletiva nº 0001082-93.2014.5.23.0007 para expedição de alvará coletivo em nome de ex-funcionários do Supermercado Modelo Ltda., visando à imediata liberação das guias de seguro-desemprego e dos depósitos de FGTS.

Continue Lendo

Imprimir